Landing page: Como Criar uma Efetiva e Otimizada para SEO

Quer aprender a montar uma lading page otimizada para SEO e com alto percentual de conversão? Confira!

A lading page está entre os assuntos mais procurados por quem deseja maximizar os ganhos de um site, e não é para menos, já que ela costuma ser a página com maior taxa de visita e ao mesmo tempo voltada para conversão de um objetivo específico.

Lading Page

A tradução da palavra lading page seria algo como “página de aterrisagem”, mas também pode ser compreendida como página de entrada. É de suma importância trabalhar a boa otimização da lading page e transformá-la em uma verdadeira “máquina de conversões”, assim você terá resultados surpreendentes em um período bem curto.

Mas afinal, como desenvolver uma lading page otimizada e que realmente converta? Quais são as “regras” observadas com o passar de tempo e permitem saber que realmente funciona no dia a dia dos empreendedores virtuais?

Aprenda agora mesmo como trabalhar a sua lading page e transformá-la em uma máquina de conversões para os seus objetivos.

Qual é a função da lading page?

Ao contrário do que muitos pensam, a lading page não tem uma única função, como é o caso de “venda de produtos”, podendo ser adequada para inúmeras finalidades.

Como exemplos de objetivos com lading pages podemos citar:

  • Criação de lista de e-mails (obtenção de contatos);
  • Cadastro na plataforma;
  • Pré-venda de produtos;
  • Preenchimento de formulário;
  • Pesquisa satisfativa;

Os objetivos com a lading page variam de acordo com as necessidades do seu negócio.

Como otimizar a lading page para motores de busca

Hoje, a maior parte dos conteúdos e dificuldades dos empreendedores digitais refere-se a SEO (serach engine optimization), e não é para menos, já que os motores de buscas são os responsáveis principais pelo sucesso ou não das visitas em um site.

As lading pages costumam ser páginas isoladas e com uma grande quantidade de imagens, buscando uma aparência mais interativa e captativa de atenção. Com isso, surge um problema a ser resolvido, o SEO da página.

Os motores de busca tem um sério problema na leitura de imagens e flash, o que pode dificultar o posicionamento da sua lading page. Por isso reunimos alguns erros e sugestões que podem melhorar o desempenho da sua lading page.

Procure encontrar um meio termo entre na utilização de flash

Entendo que criar uma lading page sem vídeos ou flash é algo difícil, mas “maneirar” é algo perfeitamente possível. Busque utilizar apenas o necessário quando se trata de flash, neste caso, pouco é mais!

Otimize os botões da lading page

Otimizar os botões da lading page não apenas no tocante a aparência, mas também com palavras chaves correspondentes pode ser uma ótima forma da sua lading page ficar bem posicionada em motores de busca. Claro, não vá colocar uma palavra que sequer tenha relação com a atitude almejada pelo usuário.

Conteúdo na lading page

Nesta parte é que você conseguirá ganhar alguns pontinhos no SEO onpage da sua lading page, por isso é importante caprichar. Quando falamos em caprichar no conteúdo não significa escrever páginas e páginas, você precisa lembrar que a lading page precisa conter o necessário.

Um bom conteúdo é objetivo, visual (rápido de ser identificado), bem distribuído (de preferência com intertítulos) e contemplar uma boa distribuição de palavras chaves e associadas.

Não se tem como dizer exatamente o que é bom ou não em quantidade de palavras chaves para uma lading page, já que cada caso tem suas particularidades, desde o segmento de atuação, produto ou objetivo da lading page, contudo, para auxiliar e tratando de uma regra geral, o ideal é ter uma lading page com não mais do que 800 palavras.

Tempo de resposta na lading page

Este é outro problema comum de se encontrar em lading pages. Os motores de busca consideram o tempo de resposta de uma página (quanto tempo leva para abrir). As lading pages por conterem muitas imagens acabam por ter desvantagens neste fator, por isso tome cuidado.

Uma boa dica para melhorar o tempo de resposta é instalar plugins de cache, melhorando o desempenho quanto à resposta de tempo para abertura da página.

Comentários na lading page

Cada vez mais os motores de busca estão dando ênfase aos fatores de integração entre mídia social e páginas virtuais. Conseguir manter um canal de comentário interligado com o facebook, ao mesmo tempo que se tem bastante curtidas e compartilhamentos pode facilitar o rankeamento da lading page nos motores de busca. Tire um tempo para focar nisso!

Como criar uma lading page que converte

Agora que você já sabe como melhorar o SEO da sua lading page é o momento de conseguir aproveitar as visitas que recebe nela e atingir o maior número de conversões possíveis, concorda? Vamos lá as dicas para criar uma lading page que atinja o seu objetivo:

  1. Deixe a proposta da lading page clara

A lading page tem objetivos bem específicos e deixa-la clara irá aumentar a efetivação. Para que uma lading page seja considerada clara, é importante que o usuário ao acessar a página consiga captar o “comando” e informações básicas nos primeiros 5 segundos.

Procure criar frases diretas e na voz ativa, isso deixa a proposta mais clara. Espaçamento adequado e parágrafos mais curtos também são boas opções.

Para testar se a lading page está clara, uma boa dica é pedir para um amigo ou terceiro, os quais não conheçam sua página, que acessem e, após 5 segundos, peça se eles entenderam do que se trata e o que é para ser feito.

  1. Ofereça apenas 1 escolha

A lading page tem um objetivo, como é o caso da captura de e-mails ou venda de produtos, não confunda seu visitante com diversas informações e tentativas diferentes.

Trabalhe apenas a informação importante para que seja atingido o objetivo da sua lading page. Quer criar uma lista de e-mail e para isso precisa que o cliente se cadastre? Então, o que você está oferecendo para ele? Trabalhe em cima disso e peça o cadastro. Nada de tentar vender outro produto ou direcioná-lo para outra página.

  1. Aparência da lading page é tudo

Uma lading page bem organizada, clara e fácil de identificar as informações é fundamental para o seu sucesso. Não raras são as vezes que encontramos lading pages gigantescas com centenas de informações, quadros, cores, figuras, vídeos e por ai vai. Ao invés de conseguir uma ação do visitante acaba-se por perder a sua atenção, divagando, já que são informações demais para o “cérebro” captar e focar.

Quando isso ocorre, a tendência é que o seu objetivo seja alcançado em menor quantidade de vezes, por isso, seja organizado, mantenha um layout “clean”, informações precisas e imagens que realmente condizem com o que você deseja.

  1. Cuidado com a imagem

É comum utilizarmos imagens para prender a atenção do visitante, e isso é realmente uma ótima opção, desde que se saiba utilizá-la corretamente.

A imagem precisa representar exatamente o que você deseja. Quer um exemplo perfeito de imagem? A imagem do famoso macaco entregador (correio) da MailChimp. A imagem representa perfeitamente a proposta da empresa, um gerenciador de e-mail marketing, o qual promete entregar uma taxa incrível e barrar poucos no spam.

Também, para fazer com que os visitantes foquem sua intenção no conteúdo e o pedido de ação, o macaco está voltado para a escrita, o que leva o olhar das pessoas para a escrita também. Esta é uma informação importante, procure sempre inserir a imagem voltada para o local que você deseja mais atenção. Confira o exemplo:

IMAGEM

  1. Call To Action ponto decisivo na lading page

Uma lading page só pode ser considerada lading page quando contém um call to action, caso contrário ela não terá nem 10% da efetividade esperada.

Call to action ou também chamada de ação, nada mais é do que você escrever o que deseja do usuário. É bem comum encontrar botões com call to action, quer exemplo? Clique aqui – Comprar – adicione no carrinho – insira seu e-mail – cadastre-se – comente – compartilhe. Enfim, são dezenas de call to actions que podem ser utilizadas, dependendo do seu objetivo.

Crie um call to actions específicos e lembre-se de dar destaque, afinal, você está dizendo o que o visitante deve fazer, é preciso que ele foque sua atenção nisso. Boas formas de melhorar a visibilidade do call to action é através de cores diferenciadas, tamanhos, negrito, sublinhado e até mesmo transformando-o em botão.

  1. Tenha o hábito de fazer testes A/B

O teste A/B é bastante usado em e-mail marketing e com certeza é uma ótima opção nas lading pages. Esta “ferramenta” funciona para que você teste duas páginas/campanhas diferentes, verificando qual tem um poder maior de conversão.

Claro, o ideal não é mudar drasticamente uma campanha da outra, mas sim pequenos detalhes, como a utilização de uma determinada imagem ou vídeo, local em que será inserido o botão ou até mesmo o call to action com melhor conversão.

Aprendeu como fazer uma lading page de qualidade? Comente e compartilhe nosso post!

Publicado por

Matheus Amaral

Redator profissional, especializado em marketing digital e que adora curtir uma viagem!

Um comentário sobre “Landing page: Como Criar uma Efetiva e Otimizada para SEO”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *