exemplos de call to action

7 Exemplos de Call To Actions e análises de utilização

exemplos de call to action
7 exemplos de call to action, análises de campanhas e dicas de utilização da call to action.

Exemplos de Call to Actions com bons resultados de conversão

As call to actions são responsáveis diretas pelo resultado de um negócio online, impactando principalmente na conversão do visitante na atitude desejada. Estudos comprovam que, ao “dizer” ao visitante o que deseja que ele faça, a probabilidade disso acontecer é 3x maior do que não informando.

Então surge a pergunta: existem call to actions mais efetivas e conversivas do que outras? Sim! Embora seja necessário analisar cada nicho, perfil da persona, cores e até mesmo fatores subjetivos, pode-se dizer que alguns exemplos de call to action são mais efetivos que outros.

Relacionamos 7 exemplos de call to actions com bons resultados de conversão, confira:

  1. CTA de botão de comando

Toda CTA é um comando, uma chamada para ação. Ou seja, você diz o que quer que o visitante realmente faça. Seja subscrever, assinar, comprar, vender e até mesmo direcionar a sua atenção.

O botão de comando é uma das call to actions mais comuns e com certeza você já viu centenas todos os dias, um exemplo clássico:

O botão comprar é uma cta em que se está dizendo ao visitante: compre!

call to action botão

O site acima possui alguns “erros” no tocante a cta de conversão, principalmente as cores, destaques e informações excessivas, o que diminui o foco do consumidor da call to action, mas serviu para demonstrar o botão.

Ainda na mesma página, podemos destacar outro erro de CTA, ou melhor, a falta dela, perceba:

exemplo call to action errada

A inexistência de CTA em cada produto certamente está diminuindo a conversão, e vou mais longe, a falta deste pequeno detalhe deve reduzir em, pelo menos, 7% a taxa de cliques em cada produto.

  1. Call to Action com link interno entre páginas

Esta call to action costuma ser muito utilizada em blogs e sites com conteúdo informativo, com o objetivo de conduzir o visitante pela jornada da compra.

Consiste em utilizar um link dentro do conteúdo para direcionar o leitor para uma determinada ação, por exemplo: Entre em contato (com um link para a aba contato).

Recomendar outro conteúdo de centro ou fundo de funil, para nutrir o potencial consumidor, também é uma opção, o que torna a jornada da compra mais “imperceptível” e diminui as objeções.

Exemplo de call to action com link interno:

call to action link interno

  1. Baixar Grátis – CTA altamente conversiva

Talvez a CTA de baixar grátis seja a com maior potencial de conversão, justamente por unir um botão CHAMATIVO (de preferência), campo separado e claro, a palavra mágica: grátis.

Sim, esta palavra carrega um alto poder de conversão. Todos os dias buscamos ser “parabenizados”, descontos e algo grátis, e quando temos contato com esta expressão, imediatamente nosso inconsciente foca no campo.

Por isso, oferecer conteúdos grátis e ricos de informações são estratégias para transformar visitante em leads.

Vamos a um exemplo de CTA campo + grátis de alta conversão:

cta baixar grátis

Perceba que a empresa deixou o formulário chamativo e limpo, claro, fácil de ser identificado na página, juntamente com o “título” em negrito: Baixe o eBook grátis aqui! (em tom de comando, determinando a ação).

Este é um excelente exemplo de call to action para você utilizar nas suas lading pages ou para baixar e-books, captando o visitante e inserindo em um funil de vendas com automação de e-mail marketing.

  1. Não saia agora! Temos uma surpresa (popup)

Particularmente, não utilizo este tipo de CTA, mas confesso, já fui alvo dele e, inclusive, acabei efetuando a compra de um produto.

Esta call to action trabalha com um sistema que, ao passo que o visitante conduz o mouse até o botão de fechar página, um popup abre imediatamente com um dizer: Não saia! Temos uma surpresa para você.

E, neste momento, um “bônus” é fornecido para você efetuar a compra, seja um desconto, e-book para baixar, enfim, uma recompensa para que você execute uma ação.

É uma CTA interessante de se utilizar porque o visitante está abandonando seu site, o que tem a perder?

Contudo, cuidado, a utilização deste popup costuma pesar o site e pode se tornar um pouco “irritante” para os visitantes, por isso você deve estudar dentro do seu nicho de negócio.

  1. CTAs de escassez

É comum utilizar a call to action de escassez na venda de cursos e em lançamentos. É o famoso:

“Este curso será vendido apenas até 20/08/2016” ou “Promoção válida apenas para os 30 primeiros compradores”.

Esta call to action é utilizada com diversas variações, mas seguindo o mesmo pressuposto.

Quer outro exemplo?

Um contador de segundos, minutos e dias indicando o término da possibilidade de você comprar o produto.

Veja o exemplo da cta na prática:

exemplo call to action escassez

  1. CTA de bonificação

A call to action de bonificação segue o princípio utilizado por vendedores experientes, qual? O famoso brinde!

Quando alguém lhe fornece um brinde ou bonificação, inconscientemente irá se sentir na obrigação de retribuir, isso é nato do ser humano.

Quantas vezes você já viu: Clique aqui! Quero lhe ajudar e dar um presente totalmente grátis para você.

Ou, ao clicar e comprar, receber X produtos de bônus que custariam R$ 1.000 reais comprados separadamente!

Estes são bons exemplos de CTAs de bonificação utilizadas no momento da venda. Mas claro, existem dezenas de formas de utilizar o conceito.

  1. Call to Action de “falsa escolha”

Esta é muito boa! E é a melhor opção se você deseja prender a atenção do visitante.

Exemplos:

  • Você deseja falir o seu negócio? Clique em SIM ou NÃO (quero ser um investidor de sucesso)? Qual opção você escolhe? É uma falsa escolha, porque ninguém deseja falir o seu negócio, caso contrário não estava no site, pesquisando como geri-lo melhor.
  • Comprar com desconto ou sem desconto?
  • Compre: 8 x sem juros ou 12 x com juros. (e se eu não quero comprar?)

Estas são pequenas call to actions, agora, ao começar a observar todos os sites que você passa, irá perceber uma variedade absurda de comandos em forma de CTAs.

Dicas para usar os exemplos de call to actions

Não basta usar a call to action com alto poder de conversão e esperar que, no seu negócio, ela produza o mesmo resultado. Existem outros fatores que influenciam na conversão.

  • Cores: As cores utilizadas corretamente fazem toda a diferença, por isso, sugiro ler o conteúdo sobre psicologia das cores.

Lembre-se, você deve dar destaque para a CTA, senão o visitante não irá encontra-la no site.

  • O comando da call to action deve ser direto, claro e imperativo. Clique aqui! Ao invés de, ao clicar aqui você (…).
  • Imagens são boas opções para direcionar o usuário à cta. Figuras em que a cabeça ou visão apontam para a CTA, além de flechas ou pessoas apontando para a cta, aumentam a quantidade de cliques na call to action.
  • Analise a sua persona para descobrir a call to action mais efetiva, avalie as métricas e desempenho, assim conseguirá chegar às melhores opções.
  • Call to action não faz milagre, se o seu produto for ruim, eles não irão comprar!
  • Deixe a call to action evidente, clara, simples e fácil de visualizar, evite excesso de informações.

Dicas e sugestões? Comente! Espero que este conteúdo sobre exemplos de call to action tenha ajudado.

Publicado por

Matheus Amaral

Redator profissional, especializado em marketing digital e que adora curtir uma viagem!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *