E-mail Marketing: Do Básico ao Avançado

Já sabe criar um e-mail marketing? Se tem dificuldades, confira agora mesmo tudo, do básico ao avançado!

O e-mail marketing é responsável por parte significativa das vendas no e-commerce, e não é para menos, é a sua chance de apresentar um produto para uma lista de e-mail extensa e ter um bom percentual de conversão.

Acontece que fazer e-mail marketing não é tão simples quanto parece, seja a parte em que você irá montar a sua lista ou a construção do e-mail marketing em si. É preciso criar um título que o receptor não resista a abrir, conteúdo que o convença a “conhecer” o produto/serviço e, acima de tudo, escapar das marcações como spam dos gerenciadores de e-mails.

E-mail Marketing

Conseguir uma boa taxa de conversão de e-mail marketing é quase como uma “missão impossível” e para isso é preciso treinar muito, testar e obter bons conhecimentos.

Devido à quantidade de e-mails e pedidos que recebemos sobre e-mail marketing, como torna-lo efetivo e reduzir o número de marcações de spam, criamos este texto que irá tratar do e-mail marketing do básico ao avançado. Pronto?

O que é e-mail marketing

O e-mail marketing tem um conceito bem simples, é a utilização de e-mail/ferramenta como forma de marketing direto. Você estará enviando uma “mensagem” para o destinatário, seja ela um conteúdo relevante, promoção, newsletter, aviso, entre outras possibilidades.

Dizemos que é uma espécie de marketing direto devido a ser enviado diretamente para o potencial interessado. É importante destacar a vasta quantidade de e-mail marketing que as pessoas estão suscetíveis durante o seu dia a dia. Não raras são as vezes que a caixa de entrada fica lotada.

Por isso é importante aprender como desenvolver um e-mail marketing diferente, senão será apenas mais um entre as centenas de e-mails diários não lidos.

Dados sobre e-mail marketing: Você vai querer utilizar também!

A utilização  do e-mail marketing em massa pelas empresas não é a toa, existe um motivo, e ele se concretiza nos dados abaixo:

  • O ROI (retorno sobre investimento) obtido com e-mail marketing é o maior dentre as mídias sociais, aproximadamente US$ 40 dólares por dólar investido;.
  • De cada 10 empresas no mundo, 8 utilizam e-mail marketing como prática recorrente de mídia publicitária;
  • 28% das empresas que trabalham com e-mail marketing afirmam que é a melhor ferramenta de marketing direto em termos de eficiência e mensuração;
  • No Brasil, em torno de 80% das empresas utilizam e-mail marketing;
  • O percentual de conversão do e-mail marketing é de 2,5% (média), percentual incrível que supera os anúncios em buscas orgânicas e redes sociais;

Estes dados apontam para a eficácia e importância do e-mail marketing, seja para obter resultados positivos e melhorar o desempenho da sua empresa, ou para não ficar para trás quanto aos concorrentes.

Já decidiu usar o e-mail marketing também?

Qual é o objetivo da sua campanha de e-mail marketing?

É preciso ter bem claro o objetivo da campanha de e-mail marketing durante todo o processo de criação, isso irá impedir que você “fuja do assunto” foco e até mesmo utilize uma linguagem não apropriada.

Dependendo do objetivo almejado com o e-mail marketing, também poderá utilizar mais ou menos imagens, textos maiores, call to action diferente, entre outros fatores. Por isso, lembre-se de ter o objetivo claro e, de preferência, anote-o enquanto estiver criando o e-mail marketing.

Elementos do e-mail marketing

O e-mail marketing completo e de qualidade possui pelo menos os seguintes elementos: remetente, assunto, saudação, chamar atenção, corpo, finalização, assinatura e informações opt-out.

Para que você não erre no seu e-mail marketing, é interessante desenvolver tópico por tópico, assim não ficará nada para trás e estará bem organizado.

Remetente: Utilize uma identificação conhecida pelos prospectos, caso contrário será sinalizada como spam e, por óbvio, não será lida. Mesclar o nome (credibilidade) + negócio costuma atingir os melhores resultados, por exemplo: Vinicius: Site Autoresponder.

Assunto: O assunto é praticamente o título, o qual acaba por ser repetido, às vezes (não obrigatoriamente), no início do e-mail marketing. Um título precisa chamar a atenção (senão o e-mail não será aberto), curto e objetivo.

Saudação: Testes já vêm demonstrando que a informalidade costuma trazer melhores resultados de conversão em e-mail marketing, até mesmo em razão de criar uma conexão, por isso, evite algo muito formal. Chamar o potencial cliente pelo nome é uma ótima opção, o que pode ser feito através de tags.

Chamar a atenção: A chamada de ação será responsável por fazer o prospecto ler o e-mail. Já na primeira linha, busque desenvolver uma frase de impacto, com foco em prender a atenção do leitor e instiga-lo a conferir todo o restante.

Corpo da mensagem: O corpo é o conteúdo da mensagem, e é nesta parte que a maioria erra. O fato de ser o conteúdo não significa escrever exaustivamente dezenas de linhas. O e-mail marketing tem como objetivo levar o usuário a uma ação, seja visitar o site, comprar produtos, compartilhar, acessar um vídeo, enfim, não ensinar algo. Seja simples, objetivo, claro e foque nos benefícios principais.

Call to Action: A call to action ou também conhecida como chamada de ação significa você informar o que deseja do leitor. É como se fosse pegar “na mão e conduzi-lo”, por exemplo: Compartilhe o conteúdo ou clique e veja as ofertas.

Finalização: Este é o momento de ser gentil com o prospecto, deseje-lhe uma ótima semana ou bom serviço. Pode parecer “amador”, mas aumenta significativamente a taxa de eficácia do e-mail marketing e as boas considerações quanto à empresa.

Assinatura: Credibilidade é um dos pontos chaves do e-mail marketing de sucesso, e por isso a assinatura não pode faltar. Quando o prospecto olhar o seu conteúdo de qualidade e ver sua assinatura, irá sempre lembrar da credibilidade que você passou e atribuirá à sua empresa e próximos e-mails recebidos de você.

Informações OPt-Out: Uma das maiores reclamações e preocupações dos gerenciadores de e-mail é justamente o envio “exagerado” de propagandas e a impossibilidade de recusá-las. Por isso, é importante respeitar a privacidade dos seus prospectos e sempre frisar a possibilidade de cancelar o recebimento de e-mail marketing da sua empresa e o link para fazê-lo.

Como criar um título irresistível no e-mail marketing

O título/assunto será o responsável direto pelo sucesso da campanha de e-mail marketing, pois se o mesmo não for bem elaborado, impactante e objetivo, o prospecto sequer abrirá o e-mail, e todo o trabalho de desenvolvê-lo foi em vão.

Para criar um título irresistível para o seu e-mail marketing você deve utilizar gatilhos mentais. Podemos destacar os principais:

  • Escassez;
  • Urgência;
  • Autoridade;
  • Reciprocidade;
  • Prova social;
  • Antecipação/expectativa;
  • Novidade;
  • Dor x Prazer;

Ao formar títulos observando gatilhos mentais dificilmente não serão lidos, faça os testes e veja você mesmo!

E-mail marketing: conteúdo que converte

Para criar um conteúdo com boa taxa de conversão podemos dar 4 dicas: seja simples, objetivo, claro e persuasivo. A mensagem/corpo deve ter no máximo 8 linhas. Desenvolva parágrafos curtos e escaneáveis. Dê espaços entre os parágrafos.

Conduza o leitor através do conteúdo a uma única decisão: fazer o que a sua call to action pedir. Ao terminar de ler o corpo o leitor precisa pensar da seguinte maneira “me convenceu”.

Escapando do SPAM no e-mail marketing

Este é o verdadeiro “bicho papão”, tanto é que existem diversos programas focados em realizar a verificação do e-mail marketing e informar possíveis “erros” capazes de acusar como spam.

Par evitar ao máximo que o seu e-mail marketing seja acusado como spam, o ideal é manter uma proporção entre imagens e textos, de preferência 50/50% e claro, evitar terminologias “estranhas” e tragam sentidos comerciais. Normalmente, ofertas são marcadas como spam.

Evite utilizar CSS, Style e javascript no seu e-mail marketing, todos costumam ser acusados como spam. O que utilizar? HTML puro!

As imagens devem conter atributos ALT. Isso permite que sejam “lidas” antes mesmo do seu total carregamento, diminuindo o percentual de riscos de ser marcada como spam.

Termos que deve evitar: imperdível, promoção, oferta, venda, crédito, entre outros.

Dicas!

Embora tenhamos ensinado como criar um e-mail marketing irresistível e que converta, é importante trabalhar com ferramentas de qualidade para auxilia-lo, estamos falando dos programas de e-mail marketing.

Já encontramos diversas opções no mercado, seja em português ou em inglês (a maioria). Aqui no site iremos trazer reviews das principais, caso você queira conferir, pode ver o Review do E-Goi, uma das poucas ferramentas de e-mail marketing em português.

Tem-se também opções como o Mail Chimp, Getresponse, E-Goi, Aweber e o KlickMail. Além disso, é possível fazer a configuração de envio de e-mail marketing através de códigos HTML na sua plataforma, porém, exige certo nível avançado de conhecimento em html.

As ferramentas mencionadas irão facilitar bastante o seu envio de e-mail, seja em razão de diminuir a quantidade de e-mails marcados como spam, gerenciamento, modelos de e-mail ou até mesmo para fins de controle e teste A/B de campanhas.

Tudo que falamos foi testado, e é justamente isto que você deve fazer, TESTAR. Teste os seus e-mail marketing para descobrir quais as práticas que melhor se adequam ao seu público-alvo e trazem melhores resultados para o seu negócio. Espero ter ajudado! Ótimos testes.

Pronto para criar um e-mail marketing irresistível? Comente!

Publicado por

Matheus Amaral

Redator profissional, especializado em marketing digital e que adora curtir uma viagem!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *